17 abril 2014

Aquela velha mania de culpar o tempo.

 Foi com base neste texto aqui, que acordei pra vida. Fico grata pelo post da Juli, no blog La Vanille. Depois de ter lido, parei um pouco pra pensar e concluí que ela estava certa em tudo que disse.
Veja bem, eu jamais na minha vida fui enrolada. Não gosto de atrasos, de  procrastinação. Sempre achei que isso fosse falta de responsabilidade!
Mas, depois de um certo tempo, acabei entrando na onda das desculpas. Assim, sem querer. Completamente inconsciente de que estava respirando preguiça. Comecei a deixar as coisas pra depois, adiar tarefas que acabaram acumulando. E é óbvio, que uma hora isso iria acontecer. Fato!
(Foto por mim.)

Assim que decidi correr atrás do tempo perdido, tive um bloqueio criativo que acabou me atrapalhando muito. Sabe quando você quer e precisa fazer alguma coisa, mas não consegue?! Bem isso!
Mas, eu me organizei, listei minhas prioridades e consegui voltar a ser o que era antes. Uma pessoa desenrolada, haha!
Sempre achei digno ter responsabilidade, fico feliz de estar conseguindo me entender com o tempo. Afinal, não é culpa dele.
Independente se tivéssemos mais dez horas por dia, alguma desculpa (de falta de tempo) sempre iria aparecer. O certo é priorizar o que é realmente importante em nossas vidas. E em hipótese alguma, se acomodar.

E sobre a minha ausência aqui no blog, foi por uma ótima causa! Estive me dedicando muito ao meu trabalho. Tem site novo no ar! (Eba!)
Em setembro do ano passado, criei o Inlovely Creative. O planejamento e o desenvolvimento levou mais tempo do que eu esperava. É um alívio e uma satisfação enorme ver tudo pronto. 

Se você ainda não conhece o meu trabalho, clique aqui e confira os últimos projetos desenvolvidos. 
Beijo, beijo:*

Comente com o Facebook:

21 comentários:

  1. Estava discutindo isso com uma amiga esses dias, sobre o tempo que a gente perde com pequenas bobagens da vida (tipo Candy Crush). É surreal o quanto de tempo a gente perde sem nem perceber, e o quanto de coisas produtivas que poderíamos estar fazendo nesse tempo. Tenho consciência de que o "dolce far niente" é importante, mas não vou deixar o principal da minha vida de lado porque estou jogando alguma tranqueira no celular (e pode apostar, eu perdia muito tempo nisso!).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo, Mariana.
      Esse bicho também me mordeu. E o resultado foi total perda de tempo. Não tem como ser diferente. Por mais que seja legal, existem coisas mais importantes esperando nossa atitude.

      Um beijo, amora:*

      Excluir
  2. Own ficou muito fofo o site! Amei demais!
    Muito sucesso neste nosso projeto!

    Beijão!!!
    http://blogdaandy.com/

    ResponderExcluir
  3. Senti que esse poste foi para mim! rsrsrs
    Eu estou numa fase tão sem tempo da minha vida, mas a culpa é do final do curso da faculdade. É muita coisa para fazer e acabo deixando outras coisas de lado. Mas você tem toda razão, organização é o ponto principal para não perde nenhuma oportunidade. Espero, depois de terminar o curso, consegui me reorganizar.

    Gostei muito do seu blog xD Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como é, não é fácil mesmo. Mas, tenho certeza que conseguirá se organizar, e administrar melhor o tempo. ;)
      Muito obrigada, amora. <3

      Um beijão:*

      Excluir
  4. Admiro muito quem consegue ter controle sobre o tempo! Queria muito ser assim. Experimentei isso no meu ano de vestibular, mas foi tão cansativo que eu não via a hora de largar mão. E agora me arrependo; podia ter aliviado a pressão e continuado organizada! Hoje me vejo enlouquecida com tudo que tem pra fazer! hahaha
    Um beijão e parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Gabi. No final, ter esse controle acaba fazendo uma enorme diferença. Tente novamente, amora. Certamente conseguirá! ;)
      Muito obrigada! <3

      Um beijão:*

      Excluir
  5. Eu entendo completamente e é até coincidência, mas fiquei pensando sobre isso nesse feriado. O tempo que a gente perde com bobagens (Facebook, Instagram, joguinhos inúteis, etc) é tanto que dá pra pegar todo esse tempo e aplicar em algo bem mais construtivo. Também decidi mudar :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, amora. Ao perceber isso, também tomei a atitude de mudar. Todo mundo tem seu tempo, e a oportunidade de decidir como aproveita-lo de verdade. ;)

      Um beijão:*

      Excluir
  6. O fato é que o tempo nunca tem culpa de nada, alias, os únicos culpados de tudo somos nós mesmos, por preguiça, falta de vontade e outras coisas ... então, o tempo está ai para ser usado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Cleber. Concordo contigo! ;)

      Excluir
  7. Seu portfolio tá a coisa mais linda desse universo, Nick! ♥

    ResponderExcluir
  8. Adorei o blog, viu? É lindo! Parabéns!

    Estou passando também para divulgar meu blog literário:

    www.livreeespontanealeitura.blogspot.com

    Aguardo sua visita!
    Espero que siga e goste do blog =)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. É realmente difícil. Tudo vira uma bola de neve quando começamos a deixar pra depois. Às vezes faço isso, mas é importante saber voltar :D
    Adorei seu site, cada design lindo!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, amora.
      Muito obrigada! <3

      Um beijão:*

      Excluir
  10. Esse post é de utilidade pública, né? Quantas vezes já me peguei usando essa desculpa da falta de tempo? É muito importante refletir sobre as nossas escolhas, sempre!

    http://naomemandeflores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, este clube das desculpas tem um time grande.
      O importante é saber quando parar, e priorizar o que é realmente importante em nossas vidas. ;)

      Um beijão, amora:*

      Excluir
  11. Eu sou a própria pessoa que culpa o tempo por eu não ter feito o que eu queria e devia. Esse teu post me deu um outro olhar. Achar culpado é fácil, culpar o tempo é simples mas ver que o erro é seu.. são outros 500 né?
    Post simples e perfeito!
    Blog - Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, amora. Pensar sobre isso me ajudou muito, fico feliz que também tenha te ajudado a refletir sobre o assunto. É verdade, achar um 'outro' culpado é a coisa mais fácil do mundo. Difícil é assumir que o erro é unicamente nosso.

      Beijão, amora:*

      Excluir

 
Ninamore Blog © | Por: NINAMORE